jusbrasil.com.br
27 de Outubro de 2021

Produção de Conteúdo: 08 dicas para tornar o seu conteúdo mais atrativo para o potencial cliente

Aprenda técnicas para elevar a sua produção de conteúdo ao próximo nível e atrair clientes para o seu negócio.

Eliza Novaes, Advogado
Publicado por Eliza Novaes
ano passado

O advogado é um prestador de serviços, vendemos os nossos serviços, entregamos o nosso conhecimento e tempo em troca de uma remuneração que são os nossos honorários.

Sabemos que durante cada momento de crise, surgem vários problemas na vida das pessoas. Já observamos isso em outras crises e na pandemia não está sendo diferente. E os advogados precisam estar preparados para isso, de forma a vislumbrar as oportunidades e conseguir prospectar novos clientes.

É fato: as pessoas precisarão dos nossos serviços e o mercado da advocacia está sim se aquecendo para podermos trabalhar. E, para isso, prestem muita atenção dentro da sua área de atuação e identifiquem quais são os problemas que poderá oferecer como prestação de serviço para o seu público alvo.

Como exemplo, cito por exemplo, para os advogados que atuam na área de família, mapeei os problemas que estarão em foque nesse período de crise, o que as pessoas realmente estão precisando e vamos aprofundar na produção de conteúdo relacionado a isso.

Contudo, surge outro desafio: a concorrência irá aumentar e precisamos aprender a prestar serviços como os grandes advogados de sucesso estão prestando serviços.

DA NECESSIDADE DE INOVAÇÃO

A advocacia é um mercado muito tradicional, no qual somos programados para prestar os nossos serviços da forma habitual, porém podemos sim inovar, colocar a nossa autenticidade na prestação dos serviços e escolher servir os seus clientes de uma forma com mais personalidade e que faça aquele cliente se sentir único.

Essa é a fórmula para você conseguir se destacar no mercado jurídico.

Então, quando você vai para uma rede social e não tem medo em entregar conteúdo, não tem medo de mostrar para o seu cliente como ele pode resolver um possível problema que ele esteja passando e coloca com isso o seu jeito de fazer, a sua autenticidade, você está inovando dentro da sua área de atuação. Isso é criar uma nova forma de servir.

O perfil do advogado que cresce hoje e que consegue se destacar é aquele que tem propósito, tem clareza e seu foco voltado em prestar o melhor tipo de serviço para o seu cliente.

8 DICAS PARA VOCÊ ELEVAR O NÍVEL DA SUA PRODUÇÃO DE CONTEÚDO

Depois de publicar os seus primeiros conteúdos, você vai ver que sempre tem alguma coisa que pode ser melhorada. E, para que você não cometa os mesmos erros que eu cometi no início, eu decidi compartilhar algumas dicas que eu considero essenciais e que, no meu ponto de vista são, a diferença entre produzir um conteúdo que tem poucas visualizações e um que é imã de cliques. Confira:

1. Use técnicas de SEO para os artigos jurídicos

Talvez você já tenha ouvido falar disso, já que eu comento muito aqui no instagram sobre isso, e são técnicas de otimização de conteúdo que serve para deixar o seu conteúdo mais atraente para o Google e as ferramentas de busca.

Isso é importante, porque aumenta as chances de o que você produziu aparecer nos resultados da primeira página do Google e a maioria das pessoas só acessam os primeiros resultados.

Ou seja, quanto mais o Google gostar do seu conteúdo, maiores são as chances de você atrair mais cliques.

2. Crie um título atraente

Depois de otimizar o seu conteúdo para aparecer na primeira página de resultados do Google, você precisa atrair o clique do visitante.

E a melhor forma de fazer isso é com um bom título, que contenha a ideia principal do conteúdo e que convença o seu público a acessá-lo.

O seu título precisa ser daqueles que saltam aos olhos.

3. Conquiste o leitor no primeiro parágrafo

O primeiro parágrafo é a parte mais importante do seu texto. Não importa todo o restante, se o leitor desistir depois das primeiras linhas.

Assim como o título, o primeiro parágrafo (ou os primeiros segundos de um vídeo) precisa capturar a atenção da audiência de forma que ela deseje continuar lendo.

Você pode usar várias formas diferentes mas é essencial você focar em aprender a aplicação de storytelling e sobre o uso de gatilhos mentais.

4. Tenha uma call to action

Independente de qual seja o seu objetivo com o conteúdo (construir sua autoridade, gerar, educar ou nutrir leads, aumentar o alcance e reconhecimento da marca pessoal), ele pode se beneficiar muito de uma call to action.

A CTA (chamada para ação) pode ser um botão que leva para o seu site ou para uma página de captura de email.

Ou pode ser uma simples frase como “se você gostou compartilhe com os seus amigos” ou “deixe aqui um comentário” num post das redes sociais.

O mais importante é que você deixe claro para o seu público o que você espera dele depois de acessar o seu conteúdo.

E não tenha medo de pedir curtidas, comentários, compartilhamentos, às vezes tudo o que falta para o seu público fazer essas coisas é você falar.

5. Produza conteúdo com frequência

Uma das coisas indispensáveis para quem quer fidelizar o público é ter frequência e consistência.

Isso não significa que você tenha que publicar conteúdo várias vezes ao dia e encher a sua audiência de informação hora a hora.

Na verdade, você precisa definir uma frequência de postagem (pode ser uma vez ao dia, uma vez por semana, em dias específicos da semana) e cumprir com ela.

Por isso a etapa da criação do calendário editorial é essencial na criação de conteúdo, pois ela cria “um certo” compromisso tanto com o público quanto com o próprio produtor.

6. Invista em formatos diferentes

Não limite a sua estratégia a apenas um formato de conteúdo. Você tem a possibilidade de alcançar o seu público de diversas formas e cada indivíduo pode reagir melhor a um tipo.

Por isso vale a pena investir em infográficos, vídeos, podcasts e nas principais redes sociais de acordo com a presença e preferência do seu público por esses formatos.

7. Crie conteúdos sob medida para cada plataforma

Replicar o mesmo conteúdo em diversas plataformas e redes sociais pode até parecer mais fácil, mas não é uma ideia tão boa.

Afinal de contas, cada plataforma tem uma característica predominante.

Por exemplo, o Instagram é mais visual, o YouTube é melhor para vídeos mais longos, o Facebook já pode colocar conteúdos mais tensos.

Por isso, você deve criar conteúdo sob medida para cada plataforma.

8. Acompanhe as métricas

A melhor forma de saber se os seus conteúdos estão alcançando os objetivos ou não e o que pode ser melhorado é ficar de olho nos números.

Apesar de existirem várias métricas de marketing, você não deve focar em todas. Apenas naquelas que são mais relevantes de acordo com os seus objetivos.

No caso do marketing jurídico estamos em busca de alcance, construção de autoridade e reconhecimento de marca pessoal, então, nas redes sociais devemos observar as métricas mais importantes são o número do alcance do conteúdo, numero de visitantes no perfil total de visitas e o numero de cliques no seu site (porque isso mostra quantas pessoas quiseram saber mais sobre seu trabalho).

BUSQUE SEMPRE MELHORAR

Para aqueles que estão chegando agora nessa área de produção de conteúdo, é uma ótima oportunidade para iniciar a sua produção de conteúdo com o pé direito.

E se você já produz conteúdo há algum tempo, essas dicas podem te ajudar muito a alcançar resultados melhores.

O ponto principal é, antes de começar, definir o que você quer alcançar com a produção de conteúdo. E sempre que necessário você pode parar, reavaliar e mudar seus objetivos.

Isso faz sentido para vocês? Escrevam para mim nos comentários.

Se gostou, não se esqueça de curtir / recomendar esse artigo porque o seu Feedback é muito importante para mim.

13 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Adorei, excelentes dicas!!! continuar lendo

Obrigada pelo feedback Sabrina! continuar lendo

que bom continuar lendo

gostei continuar lendo

Parabéns pela abordagem do tema de uma forma clara e contagiante. Sem dúvida inovar e se aprofundar nos conhecimentos são as premissas do cotidiano jurídico. continuar lendo

Exatamente e obrigada pelo Feedback. Temos que mostrar ao cliente que dominamos o assunto ao qual disponibilizamos o nosso serviço. continuar lendo