jusbrasil.com.br
4 de Março de 2021

Produção de Conteúdo: técnicas para escolher temas que despertem interesse ao meu público alvo

Aprenda técnicas para a produção de conteúdo relevante e que agregue valor ao seu público

Eliza Novaes, Advogado
Publicado por Eliza Novaes
há 10 meses



A primeira coisa que você precisa ter em mente é que para gerar um conteúdo eficaz, você terá que aprender a mapear a DOR do seu cliente.

A partir do momento que você entende quais são os medos, dores, aflições e as angústias dos clientes, você terá condições de produzir um conteúdo que seja realmente importante para o seu público, pois ao abordar sobre algum desses temas e irá gerar conexão com seu cliente em potencial.

COMO MAPEAR A DOR DO MEU CLIENTE?

Para identificar a dor do seu cliente, você precisa traçar 2 eixos que terão os seguintes pontos:

  • Intensidade da dor
  • Frequência da dor (com que frequência aquela dor acontece)

Então você tem que lista cada dor, angústia e medo do seu cliente para que, após, você possa verificar qual a frequência e qual a intensidade que cada um deles acontece.

Para fazer esse mapeamento, use a ferramenta abaixo e vai mapeando cada dor que vc identificar:


Se a dor tiver intensidade “leve” ou acontecer com pouca frequência, fica nítido que não será algo que incomode ao seu cliente em potencial, ou seja, não terá tanta relevância e ele não dará importância a conteúdo que aborde sobre aquele assunto.


Ex: cliente é empregado numa empresa na qual ele não faz intervalo intrajornada completo e não recebe pelos minutos residuais. Analise, qual a intensidade daquela dor de não ter o intervalo, é algo que o aflige? E quantas vezes isso acontece.


Se a dor tiver uns intensidade baixa e com uma frequência média, ele vai enrolar e não vai buscar um advogado para aquilo.


Mas, por exemplo, se ele tiver sofrendo constantemente assédio moral, aquela dor irá o incomodar muito, ou seja, tem intensidade alta e frequência alta. Portanto, sobre essa dor, aquela pessoa já pesquisará no Google porque é algo que a impacta.


Então é um tipo de dor que você pode deve colocar como relevante na sua produção de conteúdo.


Em tese, você precisa identificar quais são as dores / incômodos / problemas que levam o seu cliente a buscar ajuda com você. E depois vai “mapear” com a ferramenta acima.


COMO VOU COLOCAR O MAPEAMENTO EM PRÁTICA PARA O MARKETING JURÍDICO?


A questão é identificar quais são as dores, aflições, angústias, medos que ocorrem com mais intensidade e frequência para seu potencial cliente.


Então, você focar em trabalhar o seu conteúdo naquelas dores / problemas que tiverem uma intensidade e frequência alta.


Mas porque? Porque se isso é algo que o incomoda muito, isso será uma PRIORIDADE para ele resolver esse problema. ✔️


Então, você vai FOCAR nas dores que estejam na zona de alta intensidade e alta frequência!


Você conhece outras maneiras infalíveis de escolher temas para a produção de conteúdo.


Compartilhe a sua experiência nos comentários e se gostou do conteúdo não deixe de curtir, pois o seu Feedback é muito importante para mim.


Continue lendo:


https://elizannovaes.jusbrasil.com.br/noticias/840333859/copywritingaestrategia-utilizada-nas-melhores-acoes-de-marketing-jurídico


https://elizannovaes.jusbrasil.com.br/artigos/842677061/como-ter-alta-performance-na-sua-campanha-do-google-ads


https://elizannovaes.jusbrasil.com.br/artigos/841660547/redes-sociais-10-dicas-para-gerar-autoridadeeengajamento-no-seu-perfil-profissional



#maisjuntosdoquenunca

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)