jusbrasil.com.br
4 de Março de 2021

Como posso fazer a prospecção de clientes de forma ética?

Entenda como é possível o advogado fazer a atração de clientes dentro dos limites legais do Código de Ética e Disciplina

Eliza Novaes, Advogado
Publicado por Eliza Novaes
há 10 meses

A primeira coisa que na advocacia muitas pessoas falam que não é possível fazer ATRAÇÃO de clientela, mas isso não é verdade. Porque não há nada que proibida os profissionais de fazerem a atração ética.

Contudo, há diversas normas que trazem a limitação para a forma de atração de clientes de forma ética.

O primeiro ponto é levar em consideração que o advogado ele deve ser procurado. Ele não se oferece!!!

Muitos advogados por entenderem que não podem nada, acabam caindo no ostracismo e não fazem nada. Por isso não tem visibilidade nenhuma.

O que os advogados precisam se conscientizar é que não podem é fazer uma captação que seja ilícita, porque ela estaria no extremo da mercantilização e do oferecimento extensivo dos nossos serviços.

Os advogados não podem instigar / estimular as pessoas a ajuizarem a ação. Isso é proibido e os advogados devem sempre tentar conciliar as partes que estejam em um eventual litigio.

Exemplo: aqueles captadores que ficam na porta do INSS ou do DPVAT são ilícitos e com a finalidade apenas de angariar clientes.

Exemplo: aquelas publicações que oferecem limpar o nome ou prometendo resultados, indenizações.

O QUE É PERMITIDO FAZER?

Princípio basilar que temos que observar na advocacia é a NÃO MERCANTILIZAÇÃO DA PROFISSÃO.

Então quando o advogado adota esse princípio, ele vai sim poder desenvolver a tratativa de atrair e fidelizar o seu cliente.

FORMAS DE PUBLICIDADE ACEITA

Toda publicidade do advogado deve observar discrição, moderação e sobriedade, e prestar-se exclusivamente à finalidade informativa

Então, os escritórios e advogados autônomos devem focar no compartilhamento de conteúdo em blogs e redes sociais uma estratégia eficiente para atrair clientes mais qualificados (pessoas mais propensas a fechar negócio).

Para se diferenciar da concorrência, é fundamental investir em conteúdo de qualidade e abordar assuntos com profundidade. É claro que sempre lembrando que o cliente não é jurista e, por isso, precisa que a linguagem técnica seja traduzida.

Para você se tornar referência em um mercado que já ultrapassa mais de um milhão de profissionais você precisa construir uma imagem de especialista na sua área de atuação.

Construir autoridade na advocacia significa construir a imagem do advogado como referência de qualidade em algum tema, de forma a transmitir confiança e domínio sobre ele.

Você precisará nutrir o seu público com informações de qualidade, e assim, a busca pelos seus serviços será uma consequência.

Autoridade gera no seu público-alvo um grande impacto, de modo que o cliente sempre lembrará primeiro dele quando tiver qualquer demanda relacionada aos assuntos que ela domina.

É preciso considerar a limitação impostas pelo Código de Ética e Disciplina da OAB, que estipula regras para a publicidade profissional de advogados. Por isso, toda a publicidade na advocacia deve ser planejada adequadamente.

A principal moeda de troca no marketing jurídico de conteúdo é o conhecimento, posto que ele tem que ser visco como o principal insumo do advogado para a sua prestação de serviços. Sem ter o conhecimento na sua área de atuação, o advogado não tem possibilidade de realizar o seu trabalho.

Por outro lado, a triste realidade é que muitos advogados sabem das limitações impostas pela OAB e mesmo assim insistem em cometer por achar que a sanção é branda. E que ela pode ser convertida em advertência ou em apontamentos.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

A advocacia possui um Código de Ética e Disciplina bastante restritivo no que diz respeito a publicidade e diversos cuidados tem de ser tomados.

É possível realizar a publicidade na advocacia respeitando todos as regras impostas pelo nosso Código de Ética, que é a discrição, a moderação e a sobriedade.

Se você gostou, não esqueça de curtir para que outros advogados possam ter acesso ao conteúdo.

#maisjuntosdoquenunca

1 Comentário

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Excelente Doutora Eliza!

Rogério Silva continuar lendo